PARTIDO POLÍTICO DA POESIA

MANIFESTO

1.A Poesia reclama! A Poesia conclama! É tempo de ação, de coragem, de gritar bem alto: BASTA! CHEGA!

2.A bala perdida ameaçando a todos nós, que tememos as ruas e os bares. O arrastão nas praias nos rouba o mar. Pivetes infestam os pontos turísticos. BASTA! CHEGA!

3.Nossos políticos prometem tudo e realizam pouco, preocupados que estão em manter as propinas em cuecas e ‘malões’. BASTA! CHEGA!

4.Traficantes decidem se o comércio pode funcionar, se as escolas podem funcionar e se a polícia pode funcionar. Não agüentamos mais! BASTA! CHEGA!

5.Nossas crianças não serão mais reprovadas. Nossas universidades aceitam alunos tendo como critério a cor da pele e o nível social. E não há uma ação clara e definida para impedir que sejam essas nossas crianças as que apresentam os níveis mais baixos de aprendizado em relação aos padrões mundiais. BASTA! CHEGA!

6.Na família começa a vida. No seio da família os primeiros ensinamentos. Queremos que pais e mães de família tenham trabalho honesto capaz de trazer o alimento a seus filhos.
Só assim nossas crianças não precisarão viver nos semáforos vendendo balas ou fazendo malabarismos. AGORA! JÁ!

7.Na escola tem início a socialização. Queremos professores bem pagos com material didático suficiente e adequado. Queremos professores com tempo para estudar, se aperfeiçoar, preparar as aulas e viver. Sim, nossos professores têm direito a uma vida digna. AGORA! JÁ!

8.As paredes da escola devem ser sólidas, protegendo a juventude que ali se prepara para a vida. As paredes da escola devem impedir a entrada de drogas, a entrada de armas, a entrada de balas perdidas, a entrada da morte. Nossas escolas têm que ser mais protegidas que bancos, que shoppings, que restaurantes caros. AGORA! JÁ!

9.Nossos policiais devem receber treinamento especial e salários dignos. As armas, os equipamentos, os carros de nossos policiais devem ser melhores que as armas, os equipamentos e os carros dos bandidos. Nossa sociedade precisa poder notar a diferença entre policiais e bandidos. AGORA! JÁ!

10.Queremos que todo o dinheiro desviado dos cofres públicos retornem aos cofres públicos. Até agora nós só ficamos sabendo que houve desvio. Cadê o dinheiro? Está na hora de utilizá-lo na Saúde Pública. Nós exigimos o retorno do dinheiro roubado a quem de direito: nós, o Povo. AGORA! JÁ!

11.Vamos usar nossas vozes para orientar e conclamar a todos a VOTAR conscientemente e a exigir o cumprimento das promessas feitas por nossos candidatos. O Poder Público é, aparentemente, forte, mas só está no Poder aquele que foi eleito por nós. Nós somos muitos. Vamos acordar e impedir que os que traíram a nossa confiança sejam reeleitos. A PARTIR DE AGORA! JÁ!

12.Conclamamos a todos a unir nossas vozes. Uma vez a Poesia se ergueu contra a escravidão. A escravidão acabou. A Poesia exigiu a república. A República chegou. É a hora de usar a força de nossa Arte para alertar os alienados, ameaçar os oportunistas, exigir feitos e efeitos daqueles que receberam nosso voto. SEMPRE.

Autoria: Glenda Maier – apperjiana
Assinam: Sérgio Gerônimo – pres.; Márcia Leite – vice-pres.; os apperjianos Flávio Dórea, Messody Benoliel, Lúcia Rosadas, Rita Maria de Lacerda, Sandra Fernandes, Aluizio Rezende, Ilka Jardim, Selma Wandersman, Eurídice Hespanhol, Cleusa Sazêrdas, Gladis Lacerda, Sonia Segadas, Carlota Duarte, Dartagnan Holanda, Elisa Flores, Cacau Leal, Heloísa Igreja, Sapema, Dalva Cardoso Sampaio, Edir Meirelles, Juju Campbell, Larissa Loretti, Neudemar Sant’Anna, Wanda Brauer, Jorge Ventura, Lúcia Mattos, Juçara Valverde, Caio Fidry; os afins Mariângela Mangia, Ilma & Sandra Grego.

Apresentado no dia 07 de novembro de 2007, no Teatro Glaucio Gill, Copacabana, Rio/RJ, durante o POESIA EM FESTA – IX FESTIVAL CARIOCA DA POESIA
Coordenação do Grupo Poesia Simplesmente.


ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DE POETAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Fundada em 11 de abril de 1989
www.apperj.com.br
Site referendado pela UNESCO no Diretório Mundial de Poesia
Reconhecida como de Utilidade Pública Municipal, através da Lei n° 3353 / 2001


generico cialis levitra senza ricetta viagra costo levitra acquisto cialis senza ricetta kamagra acquisto cialis prezzo kamagra italia acquisto kamagra comprare viagra acquisto levitra acquisto viagra viagra generico viagra comprare viagra acquisto levitra prezzo generico viagra cialis generico levitra generico