Selma Wandersman

PERSONA - poesia - 80 páginas

LANÇAMENTO DIA 19 DE SETEMBRO 07, no estande 225 APPERJ/OFICINA Editores, Rua "L", Pavilhão Azul, RioCentro, às 19:30h, durante a XIII Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, Rio/RJ.

Poesia de interiores

Momento de agitação mundial. Comoção. Desespero. Inquietude. Sempre foi assim. Principalmente quando da virada dos milênios. Presenciamos a Era de Aquário. Finalmente! Ou melhor, inicialmente. Era tão cantada e imaginada como sendo uma era de paz. Paz e amor! Mas, também, de um temor beligerante. O Homem contemporâneo, tantas e tantas vezes, imaginou uma terceira guerra mundial. E agora? Pois bem, o que o Homem imagina ou sonha, demora a transformar-se em realidade, mas de repente... Ei-la completa a desfilar perante os nossos olhos incrédulos. A Arte imita a Vida, ou vice-versa? Não importa mais qual a ordem. Tudo é relativo, mesmo. Ao ler ‘’Persona’’, da poeta Selma Wandersman, encontro essa mesma relatividade, o intercâmbio das idéias com a realidade, do que é poesia e prosa. Seria dualidade? Arte/vida. Poesia/prosa. Selma faz sua ‘’Prece pela paz’’ em prosapoesia, bem como sua ‘’Cinderela’’ e se pergunta pelas conseqüências de um fatídico 11 de setembro. Vejam, só! Do Ano I, da Era de Aquário. Pontua seu livro com marcas. Não só cronológicas, mas sentimentais e de personagens variados. Fala do ‘’Ser judeu’’, da garota ‘’Perfeitinha’’, do mito ‘’Ayrton Senna’’. São poesias ou crônicas? Tanto faz! A escrita é suave, descritiva, irônica e... Poética. ‘’Persona’’ ousa ser uma máscara de autodefinições, será? Poetas fingem, será? Porém Selma é um ser à procura do amor, incessantemente, e por isso o seu ‘’Desabafo’’, toca em uma ‘’Página virada’’, de ‘’Amarga desilusão’’, expondo seus ‘’Interiores’’. Poesia densa. Descobre-se em ‘’Breve momento’’ o seu caminho: ‘’Livro aberto’’. Poesia reveladora. Denuncia a luta da mulher em prol da igualdade machista, mas não se furta de ser, também, uma ‘’Mulher-objeto’’ e que ‘’ser mulher é transcender a si mesma/e por isso se paga um preço’’. Poesia contundente. ‘’Roteiro de uma poesia muito louca’’ é um exercício lúdico de lógica, original, sensível deixando-nos de respiração suspensa, refletida talvez, ou será invertida, espelhada. A poeta brinca com inversões, introversões e por que não com o nosso sempre osicraN. Poesia surreal. Nesse seu ‘’Garimpoesia’’ criou o seu ‘’Manifesto patropífago’’. Poesia faminta de neologismo. Banqueteie-se nela.
Selma, poeta-ativista cultural, a coordenar o Sarau João do Rio, nas Laranjeiras, Rio/RJ, junto a outros expoentes comunitários, é freqüentadora do circuito carioca de poesia. Um peixe dos bons no seu aquário, mas cuidado ela vai é que vai te fisgar nessa Era de Aquário. Bem-vinda poeta Selma Wandersman com sua ‘’Persona’’.

Sérgio Gerônimo
Presidente da APPERJ
Associação Profissional de Poetas no
Estado do Rio de Janeiro

Mais informações pelo e-mail: oficinaeditores@oficinaeditores.com.br

grade de lançamento

generico cialis levitra senza ricetta viagra costo levitra acquisto cialis senza ricetta kamagra acquisto cialis prezzo kamagra italia acquisto kamagra comprare viagra acquisto levitra acquisto viagra viagra generico viagra comprare viagra acquisto levitra prezzo generico viagra cialis generico levitra generico