App nº 470
Graça Carpes

Gaúcha, produtora cultural, moradora em Pendotiba - Niterói/RJ.

Edições indepenentes:
. FOLHAS SOLTAS (RS) – poesia
. FRAGMENTOS DE UM MESMO PRINCÍPIO / VOL. I e VOL II - (RS) - poesia e prosa
. SEM PALAVRAS ( SC ) – poesia
. BICHO NOTURNO ( SC ) - poesia
. O HOMEM QUE TINHA ASAS NAS IDÉIAS – ( RJ ) – infantil
. AMOR DE VARAL – ( RJ ) – infantil
. MADALENA MADALUPE – ( RJ ) – infantil
. RITUAL DE PODER – ( RJ ) - conto
. LUCERNA E HELOÍSA – ( RJ ) - conto
. PIRILAMPOS NOTURNOS - ( RJ ) - conto

Coletâneas que participou:
I Festival de Poesia SEERJ 1999/2000
1825 dias de POESIA coletânea Terça ConVerso no Café
República Dos Poetas – Museu da República

Prêmios:
- Indicação para Medalha “Personalidade 2011” ARTPOP – Academia de Artes de Cabo Frio
em 5 de maio de 2012
- Indicação para Medalha “ABRAMMIL” em 26 de abril de 2012
- 5º lugar no FLIPORTO 2011 – video poesia
“DENTRO E FORA”
- II Mostra de Vídeos Independentes na Câmara Municipal de Resende/RJ

Recitais em que participou:
Terça ConVerso no Café - República dos Poetas - Corujão da Poesia -
CONECTE - Sarau Criar - Poesia Maloqueirista SP -
Sarau na BIENAL/OFICINA Editores - Estrada 55 – POLEM - Sarau Casa Das Rosas SP -
Sarau Cultural da Marmota - Sarau e Bazar Cultural - ENSAIOS - ARAKA
Sarau Literário da Arlequim - Sarau Poético Castelinho do Flamengo - Ratos Di Versos -
Sarau do Marquês - Sarau Lado B Paraty - Sarau do Príncipe - Sarau do SESC -
VI ARTES EM LARANJEIRAS E COSME VELHO - CHACAL - Versos da Meia Noite -
POETA SAIA DA GAVETA - III EPOCABREU/APPERJ - TE ENCONTRO NA APPERJ - APPERJ TE ENCONTRO EM PARATY, ...

Produção de eventos:
. CONDENADOS à POESIA - RJ
. POESIA NO LARGO DAS LETRAS - RJ
. SARAU DA OFICINA - RJ

Porcelana
Graça Carpes

Feita essencialmente de caulim, translúcida, branca e frágil...
Às vezes parecendo forte – cerâmica dura.
Às vezes parecendo frágil – translúcida e branca...
Porcelana encantava aos visitantes da sala.
Vez que outra... Um que outro tentava tocar-lhe a alma.
Às vezes por ser tão rara – antiguidade da china.
Às vezes por ser tão fina - partindo-se na primeira queda...
Porcelana permanecia intacta e fria.
Seria preciso mãos hábeis para acaricia-la.
Voz melódica para encanta-la.
Coração suave para envolvê-la.
Um dia - mal sabia a raridade esbranquiçada - apareceu-lhe o poeta que dizia
Ser ela
A peça rara de seus dias.
E trouxe vida à raridade fina.
E deu-lhe sonho belo em nuvens suspenso,
E apanhou-a com suas mãos de poesia,
E encarcerou-a em uma cela de desejos,
E disse estar ela muito além de todos os medos,
E encantou-a com a melodia noturna de suas promessas,
Aprisionando-a ao vê-la!
E ela, feita essencialmente de caulim
Translúcida, branca, frágil...
Deixando-se suspender ao mais alto degrau dos céus, depôs de si todos os véus que encobriam sua raridade fria,
Permitindo ao poeta mostrar-lhe o que nem ela sabia...
Porcelana
:
Substantivo feminino
Feita essencialmente de caulim – mineral -
Translúcida, branca e frágil...
(
Onde hoje se pensa bordados chineses:
Emendas...
E cacos
)
!

apperjianos

generico cialis levitra senza ricetta viagra costo levitra acquisto cialis senza ricetta kamagra acquisto cialis prezzo kamagra italia acquisto kamagra comprare viagra acquisto levitra acquisto viagra viagra generico viagra comprare viagra acquisto levitra prezzo generico viagra cialis generico levitra generico